NOTÍCIAS

FIQUE POR DENTRO DO MUNDO DAS PISCINAS

Nunca é tarde para praticar natação




 
Qual é a hora certa de começar a nadar? Nora Rónai é a prova de que nunca é tarde para se dedicar ao esporte. Aos 92 anos de idade, ela não só tem uma rotina diária de dedicação às piscinas, mas ainda viaja pelo mundo participando de campeonatos. Os treinos são realizados quatro vezes por semana, durante uma hora em média. Nora é atleta e participa das competições da Federação Internacional da Natação Amadora, categoria Máster.
 
A natação faz bem para qualquer idade. É um exercício completo, que trabalha tanto o sistema cardiorrespiratório (pulmões, brônquios) e circulatório, como para parte física, sendo responsável pelo fortalecimento da musculatura. “ Como é realizado em água e a pessoa geralmente está na posição vertical, isso será responsável por reduzir o impacto e sobrecarga do corpo com o chão, diminuindo as chances de você desenvolver lesões nos articulares, como a hérnia de disco”, exemplifica o chefe da Ortopedia do Hospital Federal dos Servidores , Marcelo Erthal.
 
Segundo o ortopedista, quem tem histórico em lesões do manguito rotador, região onde estão os tendões do ombro,  deve evitar a atividade. Isso porque o nado movimenta bastante os braços e, por isso,  pode agravar o problema.  Se esse não é o seu caso, saiba que existem vários motivos para começar a praticar.
 
Quer um incentivo? Então conheça a trajetória da Nora Ronai. Os exercícios físicos sempre tiveram espaço na vida dessa nonagenária. Quando morava na Itália, nadava no mar, andava de bicicleta, patinava no gelo e fazia esqui na neve. Depois fez esgrima e  saltos ornamentais, modalidade que se consagrou vice-campeã Sulamericana  e campeã carioca durante nove  anos. 
 
Começou a nadar com mais frequência na vida adulta, na piscina da Faculdade, durante o intervalo entre as aulas. “ Uma vez um grupo de nadadores do Icaraí veio ao Pulo N' água, clube de Nova Friburgo no qual eu, já aposentada, me divertia nadando diariamente. Entre esses estava o grande nadador Gastão Figueiredo, que achou que eu nadava direitinho e me convidou a integrar a equipe do Icaraí. Tenho tantas medalhas  que sinceramente não dá para contar”, conta com orgulho.
 
Ficou entusiasmado com a história da Norma? Então saiba que antes de começar  é preciso fazer uma avaliação médica. “Se você tem menos de 40 anos e que não tem nenhum problema de saúde prévio, precisam apenas de uma avaliação geral. A natação. Como é feita em água é bom saber se não tem lesão de pele...Já quem tem acima de 40 anos é importante passar por uma avaliação mais completa por um cardiologista e após isso estariam liberados para a natação”, explica Marcelo Erthal.
 
CUIDADOS
 
Frequentemente. a natação é indicada para aqueles que têm problemas respiratórios.  Mas é preciso cuidado com a temperatura da água e a quantidade de  cloro usada na limpeza da piscina. Esses dois fatores podem ser extremamente agressivos  para as vias aéreas, trazendo complicações para a saúde. “Esses pacientes com bronquite e asma devem usar piscinas aquecidas e salinizadas, mas nada dispensa o acompanhamento de um profissional. Se fizer isso, é um excelente exercício para a via respiratória e pode ajudar muito”, afirma o médico.
 
O ortopedista ainda reforça que a natação trará benefícios a saúde em qualquer idade. Nora Ronai concorda com o médico:  “Claro que quanto mais cedo a gente começa a se mexer, mais fácil fica continuar a fazer atividades físicas. Nunca é tarde para a gente começar. Importante mesmo é manter a constância do exercício. É melhor fazer um pouquinho sempre do que se empolgar, se exercitar durante horas e depois ficar sedentário durante semanas”, ensina a atleta. 
 
Fonte: ilustrado.com.br