NOTÍCIAS

FIQUE POR DENTRO DO MUNDO DAS PISCINAS

Brincadeiras aquáticas!




 

 

Brincadeiras aquáticas!

Se a água da sua piscina está muito mansa é hora de você organizar dois times e coordenar um jogo. Não importa a idade ou grau de habilidade dos participantes, sempre haverá algum que se encaixe com sua turma de amigos ou aos seus filhos.


Arrume uma bola de borracha de peso e tamanho médios, um cronômetro e muito espírito esportivo. Brincar na piscina é uma atividade lúdica das mais estimulantes. Sem limites de idade e idéias, o simples contato com a água já nos transforma em seres mais dinâmicos e bem-humorados. Os jogos aquáticos desenvolvem a forma física, a respiração, o treinamento das técnicas motoras e a sociabilidade. Aproveite o verão e entre em forma brincando.

PÓLO AQUÁTICO

Um esporte de equipe muito gostoso de ser praticado, o pólo pode ser simplificado em uma piscina residencial. Faça as traves em tubo de PVC de duas polegadas de diâmetro, encaixando cantoneiras para dar o formato exigido, a trave ficará na posição se você adaptar um calço à estrutura, também em PVC.
As regras básicas são: não tocar no adversário (sob ou sobre a superfície); não caminhar com a bola na mão, ela deve ser lançada ou empurrada com os movimentos da natação; não sair dos limites da própria piscina. O objetivo é marcar gol no time adversário. Se a piscina tiver uma parte muito rasa, coloque as traves no sentido lateral e não longitudinal.

BIRIBOL

Este é o famoso voleibol aquático. O ideal é praticá-Io entre equipes de quatro pessoas em média. A altura da rede - igual à do volei - deve ser regulada em função da altura dos participantes. As regras também são semelhantes ao volei, com o detalhe: se a bola bater na borda da piscina continua em jogo. Lembre-se, são só três toques para cada lado e não é permitido bloquear o saque.

A RAPOSA E OS PATINHOS

Jogo para mais de seis participantes. Os patinhos devem ficar em fila, com as mãos nos ombros dos companheiros. O primeiro da fila é o pato que tem a missão de proteger os patinhos da raposa. A proteção pode ser feita de qualquer maneira, desde que a raposa não toque nos patinhos. O patinho que é pego ocupa o lugar da raposa.

HOMENS AO MAR

Esta brincadeira necessita de, no mínimo, três participantes. Um jogador fica na borda da piscina, os outros participantes dentro da água, no extremo oposto. A um sinal, o que está do lado de fora salta na piscina e tenta tocar em alguém. Todos devem chegar ao extremo oposto da piscina para tocar a borda, quem for tocado no caminho vai no lugar do saltador.

ENGUIA ELÉTRICA

Este é um jogo de revezamento mas, se não houver muitos participantes, pode ser cronometrado o tempo individual. Cinco ou seis participantes que tenham noções de mergulho colocam-se lado a lado, com as pernas lateralmente afastadas e de mãos dadas. Cada um deverá passar por entre as pernas dos companheiros como uma enguia, carregando um objeto de borracha que deverá ser entregue ao último da fila. A equipe que voltar primeiro à posição inicial é a campeã, ou aquele que fez o percurso mais rapidamente.

O PEIXE NO TÚNEL

Formam-se dois grupos iguais, seus participantes ficam em fila com as pernas afastadas lateralmente, formando um túnel. O "peixe" não pode usar as mãos para se deslocar e sim o impulso inicial na borda da piscina.
Cada participante deve percorrer o túnel. A equipe campeã será a que primeiro voltar à posição inicial.

QUEIMADA AQUÁTICA

O objetivo é tocar qualquer integrante da equipe adversária com a bola. Fixa-se dois campos, ninguém pode sair da água, a única maneira de fugir da bola deve ser através do mergulho ou desviando-se.